segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Palavras ao Vento

Muitas vezes acho interessante atualizar esse blog, colocando minhas opiniões sobre vários assuntos, dando depoimentos sobre acontecimentos nessa cidade, mostrando fotografias das pinturas que faço, contando histórias pessoais e de pessoas conhecidas, no sentido de compartilhar idéias.
Mas, tantas outras vezes sinto uma imensa preguiça de postar qualquer coisa aqui, já que parece que o que eu mostro não interessa a quase ninguém. As visitas são pouquíssimas e os comentários ainda mais raros.
Assim, estou pensando seriamente em voltar a escrever em agendas que eu sempre reservei exclusivamente para esse fim e guardá-las só para lê-las quando desejar refletir sobre o que escrevo para mim mesma.

3 comentários:

diza disse...

Alba,
nunca faça isso.
suas escritas fazem a mim e aos outros um bem enorme. A falta de comentários não significa desinteresse e sim, talvez uma preguiça também dos outros.
quero que vc continue. Ontem sua cunhada elogiou demais sua mensagem de Natal que, aliás, deveria estar aqui no blog.
bjs e nunca desista desse site maravilhoso.
diza

Por mim mesmo disse...

'Impossível, Nunca!

Ah! Se as pedras deste trôpego caminhar
Pudessem visionariamente perceber
Quão concretas avenidas, tornariam-se em minha vida...
Talvez houvessem se tornado mais firmes e menos duras
Talvez houvessem se movimentado ao menos um pouquinho...
Quem sabe se não estivessem pacientemente, esperado-me às carregar a duras penas
Antes de hoje, já haveria de certo, construído suaves rotatórias e trevos
Tivesse alcançado outras cidades, outros países
Ah!... Pobre corpo velho e farrapo do que fui...
Hoje, os paraísos se tornaram mais visíveis e previsíveis...
Porém, tão mais difíceis de serem abordados...'

Não creio que seja o 'farrapo' da poesia! ''Tua busca te conduz, sem objectivo sem desejo, sem desejo padece o que belo poderia se tornar, mas o que belo se é por essência, não padece na indecência do desistir!''

Renan disse...

As vezes é legal dar um tempo de escrever... mas sei lá, se achar que algo pode interessar aos outros, publique sim... já li muita coisa em blog por ai que me ajudou, ou me fez pensar de forma diferente. Mas não comentei por não achar o que dizer mesmo.